DigiForum, comunidade online de fotografia e equipamentos fotográficos. Desde 2004 não apenas uma referência, mas sim uma realidade. Mais de 1 milhão de pessoas já obtiveram respostas sobre fotografia em nosso site. Mensalmente somos visitados por mais 140.000 visitantes únicos mensais. São 1.400.000 pageviews mensais feitos por visitantes humanos (já descontados os bots). DigiForum, comunidade online de fotografia e equipamentos fotográficos. Desde 2004 não apenas uma referência, mas sim uma realidade. Mais de 1 milhão de pessoas já obtiveram respostas sobre fotografia em nosso site. Mensalmente somos visitados por mais 140.000 visitantes únicos mensais. São 1.400.000 pageviews mensais feitos por visitantes humanos (já descontados os bots).
 FAQ  • Regras  • Pesquisar  • Membros  • Grupos  • Staff  • Portal  • Twitter DF  • Facebook DF
Registrar  • Meu Perfil  • Entrar e ver Mensagens Particulares   • Galeria de Fotos   • Loja Virtual   • Login
 Ameaça a atividade dos fotógrafos e liberdade de imprensa

Exibir próxima mensagem
Exibir mensagem anterior

Receber rss deste tópico
Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder
Autor Mensagem

Afonso
Mod Manager DF Negócios
Mod Manager DF Negócios

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Segunda-Feira, 7 de Julho de 2008
Mensagens: 1268
Localização: Itaipava - RJ
Vendedor 1 Estrela

 

Editor-Moderador Câmeras
Editor-Moderador Câmeras
Staff DigiForum
Staff DigiForum
Anunciante Premium
Anunciante Premium

MensagemEnviada: Sex Jun 10, 2011 1:09 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Eu acho que pelo fato de eu ser meio lerdo ainda não entendi, preciso de explicação.
Se chegarmos eu e o LC Marigo devidamente fardados e munidos do mesmo equipamento profissional na entrada do PNI, ele para ganhar dinheiro e eu para gastar.

Qual vai ser o critério do guarda para barrar o Marigo e me deixar entrar ?

Eduardo Buscariolli
Mega Participativo
Mega Participativo










Registrado em: Sexta-Feira, 17 de Junho de 2005
Mensagens: 1876
Localização: Ribeirão Preto - SP

 


MensagemEnviada: Sex Jun 10, 2011 4:03 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Afonso escreveu:
Qual vai ser o critério do guarda para barrar o Marigo e me deixar entrar ?


O guarda vai barrar os dois, por que os dois são feios....rs...

Mas é por aí, até onde pude entender não existe critério. Vai da telha do gestor ou do que estiver, segundo o post do Rodrigo, definido no plano de manejo da UC. Como suspeito que nem todas as UCs tenham isso definido no tal plano, esse item, suspeito que a coisa pode ser definida conforme a conveniencia do momento.

Eduardo Buscariolli
Mega Participativo
Mega Participativo










Registrado em: Sexta-Feira, 17 de Junho de 2005
Mensagens: 1876
Localização: Ribeirão Preto - SP

 


MensagemEnviada: Sex Jun 10, 2011 4:13 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Uma pergunta: podemos expressar aqui nossas opinões ou esse trend será exclusivamente para alertar sobre a consulta publica?

Marcos Borges Filho
Veterano DigiForum
Veterano DigiForum

Avaliações Positivas2

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sábado, 29 de Setembro de 2007
Mensagens: 5973
Localização: João Pessoa - Paraiba

 


MensagemEnviada: Sex Jun 10, 2011 7:38 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Eduardo Buscariolli, fique a vontade para emitir sua opinião, você ou qualquer outro colega...


Editado pela última vez por Marcos Borges Filho em Sáb Jun 11, 2011 6:07 am, num total de 1 vez

oRodrig0o
Usuário Participativo
Usuário Participativo










Registrado em: Segunda-Feira, 9 de Outubro de 2006
Mensagens: 125
Localização: Porto Alegre - RS

 


MensagemEnviada: Sex Jun 10, 2011 10:18 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Afonso escreveu:
Eu acho que pelo fato de eu ser meio lerdo ainda não entendi, preciso de explicação.
Se chegarmos eu e o LC Marigo devidamente fardados e munidos do mesmo equipamento profissional na entrada do PNI, ele para ganhar dinheiro e eu para gastar.

Qual vai ser o critério do guarda para barrar o Marigo e me deixar entrar ?


Oi, Afonso.
Vcs dois iriam no horário e locais normais de visitação para qualquer "mortal" na UC?
R1: Se sim, tanto faz. A diferença é que se o Marigo comercializar as fotos e não informar o ICMbio segundo os preceitos de quem vai comercializar estará sujeito a multa conforme o Decreto já citado - ele é profissional e deve estar ciente das Leis já existentes. A vc não acontecerá nada. Se vcs forem abordados e incomodados na UC por simplesmente estarem usando equipamento "profissional" e convidados a se retirarem ou qualquer outro inconveniente, não estando no Plano de Manejo (documento publico), será abuso de autoridade e discriminação.
R2: Se não, somente com autorização prévia e daí provavelmente vc que seria barrado e o Marigo entraria pois se enquadraria em fotografia jornalistica ou de especial interesse.

Observação: equipamento profissional e vc gastando? paga pra trabalhar pelo visto...
brincadeiras a parte, tá na hora de nós mesmos fotógrafos pararmos de usar este termo para que não seja um tiro no próprio pé. Conheço fotógrafo que ganha dinheiro com uma lata de nescau furada e um filme dentro, a famosa "camara escura". Acho q vc não chamaria isso de equipamento profissional... ao mesmo tempo tem uma torcida do flamengo que tem uma Nikon D3x e lentes de milhares de dolares e só usa a maquina no modo "auto" fotografando apenas o aniversario dos filhos. Nada impede que o profissional da foto use seu equipamento para o lazer, como por exemplo, num dia e horario de visitação publica das UCs... E ai q vem o cerne da questão... qual o objetivo da foto? É preciso que se estabeleça transparência do profissional ao declarar que será comercial, providenciando as licenças, e das regras (IN) previamente estabelecidas - aprimorem ela com suas sugestões na consulta publica. Se o falso turista pretende fazer uso comercial das fotos, deve ter clareza que poderá ser penalizado não comunicando a Instituição Pública. Vcs viram que as multas podem ser pesadas.
Afinal, queremos profissionais éticos no meio, não?
Afora dúvidas éticas e atitudes obscuras dos gestores das UCs por antecipação, defendo a dureza da defesa pelo abuso de autoridade e discriminação como também defendo uma postura ética esperada dos bons profissionais da fotografia, elevando e difundindo as unidades de conservação nacionais e a nossa biodiversidade.

vamos refletindo e vamos aprimorando a IN.
apenas não esqueçam que a IN é um regramento mínimo, um detalhe do detalhe, das Leis e Decretos já existentes há vários anos.

abraço e boas imagens.

Marcos Borges Filho
Veterano DigiForum
Veterano DigiForum

Avaliações Positivas2

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sábado, 29 de Setembro de 2007
Mensagens: 5973
Localização: João Pessoa - Paraiba

 


MensagemEnviada: Sáb Jun 11, 2011 6:15 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Pessoal, quero dar meus parabéns à todos os que estão participando dessa discussão. Temos aqui opiniões que de alguma maneira são divergentes; mas, estamos mostrando que é possível divergir de maneira construtiva na busca de um melhor entendimento =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D>

Eduardo Buscariolli
Mega Participativo
Mega Participativo










Registrado em: Sexta-Feira, 17 de Junho de 2005
Mensagens: 1876
Localização: Ribeirão Preto - SP

 


MensagemEnviada: Sáb Jun 11, 2011 8:35 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

oRodrig0o escreveu:
qual o objetivo da foto? É preciso que se estabeleça transparência do profissional ao declarar que será comercial, providenciando as licenças, e das regras (IN) previamente estabelecidas - aprimorem ela com suas sugestões na consulta publica. Se o falso turista pretende fazer uso comercial das fotos, deve ter clareza que poderá ser penalizado não comunicando a Instituição Pública. Vcs viram que as multas podem ser pesadas.
Afinal, queremos profissionais éticos no meio, não?



Rodrigo um pergunta: existe regulação para a captação de imagens que possam ser direcionas ao uso comercial?

albertoellobo
Usuário Senior
Usuário Senior

Avaliações Positivas4

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 4 de Julho de 2008
Mensagens: 2867
Localização: Rio de Janeiro

 


MensagemEnviada: Sáb Jun 11, 2011 11:36 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Isso nada tem à ver com a preocupação pela preservação dos biomas brasileiros, mas, sim com a preservação do empregos de fiscais e diretores, pois, afastando os fotógrafos e jornalistas, a degradação ambiental ou outras atividades irregulares ficam às escondidas, sem ter quem os denuncie com provas visuais. OLHOS ABERTOS, pessoal!

Fiz minha parte:

http://albertoellobo.shutterfly.com/blog


Vamos à luta!

oRodrig0o
Usuário Participativo
Usuário Participativo










Registrado em: Segunda-Feira, 9 de Outubro de 2006
Mensagens: 125
Localização: Porto Alegre - RS

 


MensagemEnviada: Dom Jun 12, 2011 1:50 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Eduardo Buscariolli escreveu:
Rodrigo um pergunta: existe regulação para a captação de imagens que possam ser direcionas ao uso comercial?


eduardo,
a regulação é a que esta sendo regulamentada na IN além das que já existem.
a questão toda é se será dado fim comercial a foto. caso seja, deverá ser feita licença, paga taxa, providenciada uma copia para o registro do vinculo de que foto se esta falando e que seja sempre vinculada aquela foto comercializada ao nome da UC e ainda que a foto nao seja deformada (efeito digital, photoshop, etc) tal que denigra a UC ou biodiversidade. foi isto que interpretei da proposta.
não vi ainda risco a lei do direito autoral nem a liberdade de imprensa.
se vc estava falando em regular o tema, objeto da foto, seria loucura total. não vi isso em lugar algum. se fotógrafos estao pensando nisso a coisa do "quem conta um conto aumenta um ponto" está se agigantando... Pray

abraço e bom feriado.

oRodrig0o
Usuário Participativo
Usuário Participativo










Registrado em: Segunda-Feira, 9 de Outubro de 2006
Mensagens: 125
Localização: Porto Alegre - RS

 


MensagemEnviada: Dom Jun 12, 2011 2:19 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

albertoellobo escreveu:
Isso nada tem à ver com a preocupação pela preservação dos biomas brasileiros, mas, sim com a preservação do empregos de fiscais e diretores, pois, afastando os fotógrafos e jornalistas, a degradação ambiental ou outras atividades irregulares ficam às escondidas, sem ter quem os denuncie com provas visuais. OLHOS ABERTOS, pessoal!
Fiz minha parte:
http://albertoellobo.shutterfly.com/blog
Vamos à luta!


Concordo com a primeira parte do seu paragrafo e discordo do segundo.
Concordo que não não tem a ver com a precupação da preservação, pois a IN diz respeito a regulamentar uma demanda de uma classe profissional que quer utilizar as dependencias, estruturas e funcionarios das UC, e o seu produto advindo desta atividade. A solução com a preservação, por meios mais objetivos e diretos, se dá de outras formas como a fiscalização e pesquisa. Por meios subjetivos e secundários, o produto (foto) desta atividade gerará a divulgação da preservação ambiental, MAS, para aqueles que querem fotografar para FINS EDUCACIONAIS, CULTURAIS E GRATUÍTOS, a licença já é pre-concedida, gratuita.
Discordo do discurso análogo que diz que polícia é bandido e funcionário público é vagabundo. Lamentável esse reducionismo simplista.

Está no seu blog que divulga acima: "Num futuro talvez próximo, caso você esteja visitando alguma reserva ambiental e sacar sua câmera fotográfica para registrar algo - ou mesmo fazer um clique do seu grupo de amigos e familiares, poderá ser preso. ..... Porém, ao não deixar claro o que venha a ser "matérias jornalísticas" qualquer cidadão - um jornalista em potencial - poderá ter seu equipamento apreendido, ser preso ou responder processos caso divulgue fotos feitas nesses ambientes. ...". Onde está escrito isso? Preso? Foto de amigos? As coisas vão se deturpando, se torcendo e acabam lá adiante bem diferentes... Lamentável seu texto terrorista.
Pray
Mas isso ai, OLHOS ABERTOS mesmo!

Muita luz.
Bom domingo.

Marcos Borges Filho
Veterano DigiForum
Veterano DigiForum

Avaliações Positivas2

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sábado, 29 de Setembro de 2007
Mensagens: 5973
Localização: João Pessoa - Paraiba

 


MensagemEnviada: Dom Jun 12, 2011 7:18 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Vamos imaginar que um artista plástico vá ao Itatiaia e faça uma bela aquarela a partir de uma maravilhosa paisagem do parque. Ele fez a tela para vendê-la. Vai auferir lucro com isso.

Ele vai ter que deixar uma cópia com as autoridades do parque? Vai ter que pagar alguma taxa? Vai correr o risco de ter seus pinceis, tintas, tela e tudo o mais confiscados, vai ter que pedir autorização com 20 ou 30 dias de antecedência?

Se ele vai ter que fazer tudo isso, "tudo bem"... Mas, se não vai ter que fazer, "tudo péssimo"... Porque assim estão colocando a fotografia como arte menor. Se estará dizendo que uma foto não é o resultado de uma intereferência do fotógrafo, que o olhar do fotógrafo não é nada, que uma foto não passa da um reles documento, de uma xerox, uma cópia pura e simples...

Estará se afirmando que a obra do artista plástico tem algo de intelectual, e que a obra do fotógrafo é um reles simulacro....

Ou alguém acha que o artista plástico tem direito a autoria de sua obra enquanto o fotógrafo nem obra tem?

mauricioooo
Usuário Participativo
Usuário Participativo

Avaliações Positivas1

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Segunda-Feira, 10 de Março de 2008
Mensagens: 360
Localização: Paulínia - SP

 


MensagemEnviada: Dom Jun 12, 2011 10:32 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Marcos Borges Filho escreveu:
Vamos imaginar que um artista plástico vá ao Itatiaia e faça uma bela aquarela a partir de uma maravilhosa paisagem do parque. Ele fez a tela para vendê-la. Vai auferir lucro com isso.

Ele vai ter que deixar uma cópia com as autoridades do parque? Vai ter que pagar alguma taxa? Vai correr o risco de ter seus pinceis, tintas, tela e tudo o mais confiscados, vai ter que pedir autorização com 20 ou 30 dias de antecedência?

Se ele vai ter que fazer tudo isso, "tudo bem"... Mas, se não vai ter que fazer, "tudo péssimo"... Porque assim estão colocando a fotografia como arte menor. Se estará dizendo que uma foto não é o resultado de uma intereferência do fotógrafo, que o olhar do fotógrafo não é nada, que uma foto não passa da um reles documento, de uma xerox, uma cópia pura e simples...

Estará se afirmando que a obra do artista plástico tem algo de intelectual, e que a obra do fotógrafo é um reles simulacro....

Ou alguém acha que o artista plástico tem direito a autoria de sua obra enquanto o fotógrafo nem obra tem?


Muito bem observado Marcos !!
=D>

albertoellobo
Usuário Senior
Usuário Senior

Avaliações Positivas4

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 4 de Julho de 2008
Mensagens: 2867
Localização: Rio de Janeiro

 


MensagemEnviada: Dom Jun 12, 2011 2:39 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

oRodrig0o, dispensados os rótulos da sua opinião em relação às partes cito-destacadas, esvaziam-se ela. Mas, como aquela famosa frase "mesmo não concordando, luto pelo direito de dizê-la"... é isso aí. Não retiro uma linha nem recuo em meu posicionamento sober o assunto, poré, é sempre bom ouvir o contrário. O fio importante é que essa luta é conjunta por um interesse convergente: o direito de fotografar. É esse o foco. Abraços!

Eduardo Buscariolli
Mega Participativo
Mega Participativo










Registrado em: Sexta-Feira, 17 de Junho de 2005
Mensagens: 1876
Localização: Ribeirão Preto - SP

 


MensagemEnviada: Dom Jun 12, 2011 11:15 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

oRodrig0o escreveu:

não vi ainda risco a lei do direito autoral nem a liberdade de imprensa.


oRodrig0o, a partir de nossa rápida troca de MPs, já consigo ter uma opinão um pouco mais estruturada.

Há sim no artigo 4, um risco para liberdade de imprensa, mas parece-me mais fruto de uma falta de visão, do que um tentativa de bloqueio de liberdades. Nada que ajustes, considerando todos aspectos, não possam resolver.

Bom, o que penso:

Não seria muito mais lógico que antes de entrar em uma UC, o fotógrafo amador pudesse preencher um formulário declarando que as fotos tiradas no periodo de sua visita não serão usadas para fins comerciais? Seria.

Em muitos casos, é de praxe do Estado brasileiro, considerar o cidadão, que não faz parte da estrutura, como deliquente. Essa IN, apesar de considerar critérios técnicos e necessidades perfeitamente compreensíveis, padece dessa visão do Estado policialesco. Assim no aspecto do visitante, do fotografo amador, parece-me que o ICMBios deveria trabalhar melhor e considerá-lo como aliado, ao contrário de abrir brechas para tratar o amador como inimigo.

Mas e quanto ao uso comercial? Parece-me que muito da chiadeira vem daí.

Ora, suponhamos que um fotografo de moda é contratado para uma um trabalho, eventualmente, esse fotografo pode se ver diante da necessidade de contratar modelos(e pagar por isso), liberação de imagem, solicitar permissões para locação, etc.... Em resumo ele terá um monte de custos. Salvo engano meu, nada do que eventualmente um fotografo de natureza vier a faturar com fotos tiradas em uma UC será direcionado a ela - por favor corrijam-me se estiver errado.. Neste caso parece-me um tanto injusto - realizar rendimentos sendo que os custos relacionados à fonte principal destes rendimentos é nulo.

Porque não se pode direcionar um pouco dos proventos para a manutenção das UCs? Sabemos que as questões ambientais para os nossos governantes não passam de discurso ao vento, porque na hora de direcionar recursos eles deixam a mingua esse patrimônio. (só para constar o US Park Services tem orçamento previsto para 2011 de $3.14bi)

Assim, salvo ignorancia minha, parece-me que é necessário deixar um pouco a retórica de lado e considerar as coisas sob pontos de vistas mais produtivos, tais como o ter a fotografia comercial como fonte de recursos diretos para manutenção das UCs.

Claro, como me esposa me alertou a pouco, mas e se esse recurso for desviado? Bom, aí é outra estória.


Um abração a todos


Editado pela última vez por Eduardo Buscariolli em Seg Jun 13, 2011 10:40 pm, num total de 1 vez

LuizDeMog
Usuário Participativo
Usuário Participativo

Avaliações Positivas4

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2007
Mensagens: 249
Localização: Mogi das Cruzes

 


MensagemEnviada: Seg Jun 13, 2011 10:12 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Vejam o depoimento de um colega de outro forum:
"Eu acabei de voltar de dois parques nacionais nos EUA. Na própria página de informação dos parques eles listam os pontos mais famosos para fotografia, e ainda por cima ainda listam se é mais fotografado no entardecer ou no amanhecer - hummmm, eles estão incentivando a fotografia do parque! Isso no Brsail seria heresia. Se você quiser ir para áreas restritas, é cobrada uma taxa por pessoa. Se voce for nas áreas restritas sem ter pago a taxa, voce paga uma multa absurda. As regras são as mesmas se você quer fotografar, ver pássaros, ver a flora, pintar uma paisagem, ou fazer um picnic. Eles tambem tem algumas regras que limitam a quantidade de equipamento (por peso) que você pode usar sem autorização especial - por motivos óbvios.

Eu sinceramente não consigo nem entender como uma lei dessas, a criada no Brasil, tem como objetivo.
"
Mostrar os tópicos anteriores:      
Publicidade
Parceiros DigiForum
Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder


 Ir para:   



ao menos uma das palavras
todas as palavras
frase exata



Receber rss deste tópico
Exibir próxima mensagem
Exibir mensagem anterior
Enviar Mensagens Novas: Proibido.
Responder Tópicos Proibido
Editar Mensagens: Proibido.
Excluir Mensagens: Proibido.
Votar em Enquetes: Proibido.


Powered by phpBB :: phpBB Group :: FI Theme (modified) :: Todos os horários são GMT - 3 Hours :: Spam Poison :: Spam Catcher