DigiForum, comunidade online de fotografia e equipamentos fotográficos. Desde 2004 não apenas uma referência, mas sim uma realidade. Mais de 1 milhão de pessoas já obtiveram respostas sobre fotografia em nosso site. Mensalmente somos visitados por mais 140.000 visitantes únicos mensais. São 1.400.000 pageviews mensais feitos por visitantes humanos (já descontados os bots). DigiForum, comunidade online de fotografia e equipamentos fotográficos. Desde 2004 não apenas uma referência, mas sim uma realidade. Mais de 1 milhão de pessoas já obtiveram respostas sobre fotografia em nosso site. Mensalmente somos visitados por mais 140.000 visitantes únicos mensais. São 1.400.000 pageviews mensais feitos por visitantes humanos (já descontados os bots).
 FAQ  • Regras  • Pesquisar  • Membros  • Grupos  • Staff  • Portal  • Twitter DF  • Facebook DF
Registrar  • Meu Perfil  • Entrar e ver Mensagens Particulares   • Galeria de Fotos   • Loja Virtual   • Login
 Armazenar fotos agora é fácil. Conheça o Drobo

Exibir próxima mensagem
Exibir mensagem anterior

Receber rss deste tópico
Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder
Autor Mensagem

Celso Rogerio

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2004
Mensagens: 18056
Localização: São Paulo - SP - Brasil

 

Eu moro aki!
Eu moro aki!

MensagemEnviada: Qua Mar 28, 2012 10:12 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Editorial DigiForum


Fotógrafo, seus problemas de armazenamento de fotos acabaram.


Image

Drobo, um dispositivo de armazenamento em favor dos fotógrafos.

Sucesso nos EUA e na Europa, o Drobo se estabelece forte no Brasil, principalmente entre agências de publicidade e estúdios de fotografia, video e som mas também para atender a usuários domésticos, profissionais e pequenas empresas que desejam proteger seus dados de forma descomplicada.

Um dos maiores problemas de fotógrafos da atualidade é o armazenamento. Hoje tratamos com arquivos que podem ir de alguns a a centenas de megabytes de tamanho em um HD. E quando temos um trabalho com 2.000, 3.000, 5.000 fotos? No fluxo de trabalho atual do ramo de fotografia, não se pode desprezar arquivos e somos obrigados a manter por uma eternidade os originais. Além disso ainda posso dizer que o bom fotógrafo que preza pelo formato RAW sofre ainda mais com o tamanho dos arquivos.

Como armazenar tudo isso? E como resguardar os dados para nunca perdê-los? Saiba mais neste editorial.





A solução primária para todo fotógrafo é substituir o HD de seu computador (ou computadores). Alguns fotógrafos mantém seus arquivos localmente nas máquinas do estúdio, outros armazenam tudo em um único computador compartilhado em rede. Há fotógrafos que tem servidores de dados, windows ou linux, uma coisa mais profissional. Os mais "antenados" com a tecnologia partiram para dispositivos "Storage" em rede ou plugados em suas máquinas e é disso que vamos falar hoje.

Antes vou falar um pouco da minha vivência na fotografia. Quando comecei, em 2003, tinha um HD de 120GB e isso me foi suficiente para os primeiros trabalhos. Com o aprimoramento na profissão percebi que armazenamento de dados é coisa muito séria pois fui solicitado a resgatar dados de clientes alguns anos depois e já não os tinha no HD e os CDs e DVDs que eu havia gravado como backup apresentaram problemas. Comecei então a substituir meus HDs e posso dizer que isso tornou-se uma verdadeira loucura pois no primeiro ano troquei por um HD de 250GB (quase o dobro), depois comprei 2 HDs de 250 e passei a fazer espelhamento um do outro para ter os dados resguardados caso o HD principal pifasse (procedimento esse o qual nunca mais abandonei). No ano seguinte foram mais 2 HDs de 500GB e um ano depois 2 HDs de 1TB, estes últimos ainda estou operando com eles mas no limite e em breve vão ter que ser aumentados. Quero dizer que a cada HD comprado sempre tentei utilizar os antigos junto mas é inviável: muito espaço ocupado no gabinete, muito calor, muito consumo de energia, etc.

Cansado de tanto abrir meu micro ano após ano, cerca de 1 ano atrás instalei na rede aqui do estúdio, um Storage para fazer meus backups e poder usar os HDs do micro sem espelhamento. Isso me agradou e solucionou parte do problema mas se um dos discos do Storage queima eu perco parte do trabalho e devo desligá-lo pra trocar. foi quando conheci essa solução da Drobo. Um dispositivo Storage único, que faz emparelhamento de HDs, escalonável e expansível, ou seja: você não precisa mais se preocupar quando o espaço estiver acabando, nem precisa se preocupar com possíveis defeitos em um dos HDs. "Drobo" é uma marca da "Data Robotics", uma das empresas líderes mundiais em gerenciamento de dados e quem aqui no Brasil seu representante e distribuidor oficial, a Drobo4U.com.br.

Drobo-SSucesso nos EUA e na Europa, o Drobo se estabelece forte no Brasil, principalmente entre agências de publicidade e estúdios de fotografia, video e som mas também para atender a usuários domésticos, profissionais e pequenas empresas que desejam proteger seus dados de forma descomplicada.

Famosos por serem confiáveis e de fácil utilização, os storages Drobo são os mais premiados dos EUA, dando início a uma nova era de armazenamento de informações. Motivo de preocupação, armazenar grande quantidade de dados tem sido uma prática cada vez mais comum para todos. Em um mundo cada vez mais “digital”, os itens para armazenamento não param de crescer, como fotos, vídeos, músicas, planilhas eletrônicas, documentos e até mesmo aquele recibo importante do Imposto de Renda. Mas o que fazer quando acaba o espaço? E quando seu HD começa a fazer barulho e a dar indícios de que algo está errado? Como proteger essas informações contra eventuais perdas?

Para atender a essas novas necessidades, os storages Drobo oferecem o que há de mais avançado em armazenamento de informações com segurança, confiabilidade e escalabilidade. Tudo isso através de uma interface robusta e simples, pois o Drobo foi projetado para que qualquer um possa ter, em casa, um sistema seguro sem as complicações e dificuldades de sistemas de RAID convencionais. O Drobo utiliza uma tecnologia de redundância chamada BeyondRAID, versão aprimorada do RAID convencional, que permite misturar discos de marcas e tamanhos diferentes que podem ser substituídos, a qualquer momento, por discos de maior capacidade. E melhor: ainda é possível acessar as informações de seu Mac ou Windows.

Com essa tecnologia a tranquilidade é garantida, pois os dados estarão sempre acessíveis e seguros. Isso significa que, se um disco falhar, uma luz vermelha acenderá, avisando que o disco deve ser substituído, embora o usuário possa continuar trabalhando normalmente.

Sobre a Drobo4U

Drobo-S

A Drobo4U, empresa especializada em storages Drobo, é a única no Brasil, a receber o título de Authorized Partner da Data Robotics. Além da venda do Drobo e de diversos acessórios, o site da Drobo4U oferece FAQ, abertura de chamado, contato além de possuir uma equipe de especialistas para sanar dúvidas. Tudo para dar total apoio àqueles que procuram armazenar dados com facilidade e segurança. O pessoal da Drobo4U preparou um vídeo exclusivo para explicar o produto. Vale a pena conferir abaixo ou entre no site www.drobo4U.com.br.



Contato:

Atendimento ao Cliente: 11 3208-4808
E-mail: faleconosco@drobo4u.com.br

Drobo-S

 

 



Editado pela última vez por Celso Rogerio em Seg Abr 16, 2012 9:49 am, num total de 4 vezes

Celso Rogerio

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2004
Mensagens: 18056
Localização: São Paulo - SP - Brasil

 

Eu moro aki!
Eu moro aki!

MensagemEnviada: Dom Abr 15, 2012 12:51 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Review de produto by DigiForum

Funcionamento:

Recebemos da Drobo4U um modelo para 5 HDs (Drobo S) com conexões Firewire, USB e E-Sata. No site dos representantes oficiais no Brasil há outros modelos com conexões diferentes incluindo rede gigabyte (LAN 1GB) e capacidades maiores. O fabricante tem soluções que podem chegar até 72TB de armazenamento em um único dispositivo.

Ao abrir a caixa me deparo com um equipamento elegante, robusto, de alta qualidade no acabamento e beleza que harmoniza com o ambiente de estúdio, que sempre tem muita tecnologia. Neste modelo específico, "Drobo S", são 5 baias para HDs S-Ata (serial ata). Lendo as especificações vejo uma informação muito agradável: você pode colocar HDs de qualquer marca, velocidade ou tamanho nas baias e o Drobo fará tudo por você automaticamente, criando uma unidade única de armazenamento sem qualquer complexidade ou necessidade de você conhecer de informática para isso. Basta inserir os HDs nas baias, plugar no micro e pronto. Em uma configuração raid dos meus micros e servidores, sempre foi necessário utilizar HDs de mesma velocidade e capacidade.

A redundância dos dados (backup) já está garantida no Drobo, para isso deve-se ter no mínimo 2 HDs instalados. Com isso, se um dos HDs queimar o Drobo lhe avisará através da luz do painel e você apenas precisará trocá-lo, sem desligar, sem precisar mexer nos dados, sem fazer mais nada. Simples assim? É o que o fabricante promete, faremos os testes logo mais abaixo. Isso realmente é uma maravilha para nós fotógrafos. E quando o espaço estiver acabando, o Drobo lhe avisa através do painel para que você troque ou acrescente um HD e assim aumentará o espaço. Detalhe: isso também é feito com o aparelho ligado, dados trafegando e sem necessidade de qualquer movimentação dos arquivos. Fantástico.

Eu realmente fiquei impressionado com a proposta deste equipamento e aconselho fortemente a você que tem estúdio ou grande fluxo de trabalho para que tenha algo deste tipo em seu estúdio ou empresa. Com isso seu HD do computador será utilizado apenas para arquivos do sistema operacional e temporários. Os equipamentos da Drobo funcionam tanto em MACs como PCs e Notebooks.

 

Imagens do equipamento:

Drobo S, fotografado em nosso estúdio.

Drobo review by DigiForum

HDs de teste sendo inseridos nas baias.
Drobo review by DigiForum




HDs prontos para uso. Este modelo comporta até 5HDs de diferentes velocidades, tamanhos e marcas.
Drobo review by DigiForum



Parte traseira do equipamento: conexões Firewire, USB e E-SATA
Drobo review by DigiForum


Drobo review by DigiForum

 

Modelo fornecido para testes tem medidas de 20cm (altura), 15cm (largura) e 25cm (profundidade)

Drobo review by DigiForum

 

Sinalização luminosa para status dos HDs. Em caso de falhas o dispositivo lhe avisa.
Drobo review by DigiForum

 

Avaliação DigiForum

Nosso trabalho de avaliação não será baseado em testes info-tecnólogicos como verificar extremos de velocidade mas sim simular o que um fotógrafo faria ao tirar seu equipamento da caixa e usá-lo no seu fluxo de trabalho. Para isso, obviamente vamos usar o software mais usado por fotógrafos profissionais, Adobe Lightroom e fazer comparativos de acesso. Vamos descrever como foram as conexões USB e E-Sata que seriam as mais utilizadas por fotógrafos no quesito velocidade.

Começamos por avaliar embalagem e itens que vem acompanhando o produto, além de instruções. A embalagem é ótima e quem comprar à distância ficará satisfeito. Sentimos falta de 2 itens no modelo que foi enviado para os testes. O modelo recebido veio com um manual diferente e não veio com cabo E-Sata, que é a velocidade mais rápida do dispositivo e certamente será a mais utilizada pelos fotógrafos. Isto foi resolvido rapidamente pelo representante oficial da marca no Brasil, a Drobo4U.com.br, que enviou prontamente o cabo, manual e CD para os testes e uma explicação de que o mesmo equipamento já havia sido enviado para outra avaliação e por isso o erro ocorreu. Foi muito bom sentir a agilidade nisto, pois comprovou a ação efetiva deles em caso de qualquer problema que venha a surgir e o consumidor precise de suporte e de que a Drobo é uma empresa séria e competente.

Instalação e conexão USB:

Como a maioria dos fotógrafos faria com um dispositivo que se denomina "plug and play", plugamos o cabo USB em um notebook com Windows 7 Profesisonal, porém o sistema operacional não instalou o driver completamente apesar de tentar buscá-lo. Procedimento comum. Para a instalação do programa sabíamos que teríamos suporte do representante, online e telefônico a qualquer hora, mas seguimos em frente por conta própria com muita facilidade. Instalamos o software "Drobo DashBoard", que foi instalado rapidamente e passou a buscar o dispositivo automaticamente logo após a instalação.

Drobo DashBoard é o programa de gerenciamento do dispositivo. Após instalar, o programa determinou que deveríamos inserir e formatar os HDs. Coloquei 3 HDs S-Ata de diferentes tamanhos e fabricantes (HDs não acompanham o equipamento) mas todos de 7.200 RPMS, sendo 500GB, 1.5 e 1.5 GB respectivamente. O próprio equipamento lhe indica em quais slots instalar os HDs, basta inserir onde estiver a luz vermelha acesa. Escolhemos sistema NTFS e o Drobo fez o procedimento por 2 minutos e logo em seguida o Windows reconheceu a unidade como um único HD.

Para usar o Drobo, deverá fazer instalação manual do programa Drobo Dashboard baixando pelo site do Fabricante ou pelo CD.

Ao fechar o Drobo DashBoard e ir em meu computador, está lá a unidade de 3,99TB (fantástico, não perdi os 10% de espaço como costuma acontecer em HDs diretamente no micro). Vamos ver então o desempenho dele via USB e logo mais abaixo veremos via E-Sata

 

Vamos aos testes com arquivos:

Simulando uma situação de estúdio.

1 - Abrimos o LightRoom 3 e importando um cartão com 840 fotos em RAW, tiradas com uma Nikon D300, gravando diretamente em uma pasta criada no Drobo. A importação destas 840 fotos levou 6min20seg, um pouco mais lento que diretamente em meu computador.

2 - Em seguida manipulamos algumas fotos pelo LightRoom e fizemos a exportação delas para JPGs de 20MP com 300DPIs. A exportação de 10 fotos durou 1min53seg no Drobo. No PC a exportação demorou 1min36seg em HD local de 7.200 RPMs. O Drobo apresentou um resultado mais lento porém aceitável pois estamos equilibrando nessa balança não somente a velocidade mas a redundância dos dados e praticidade do dsipositivo.

3 - Fizemos outra exportação, desta vez com arquivos DNG (negativo digital) com preview de JPG em tamanho Full. Este tipo de exportação costuma ser mais lento. O Drobo fez um tempo de 2min44seg enquanto que o mesmo procedimento em PC levou 30seg a menos.

4 - Nos testes de abertura, edição e gravação de arquivos PSDs (photoshop) diretamente no Drobo o resultado para arquivos menores que 100MB foi muito bom, semelhante ao tempo de abertura no PC e para arquivos maiores como 500MB ou 1GB o tempo foi bastante aceitável para um dispositivo via USB, cerca de 15% a mais do tempo normal que levaria na estação PC.

 

Instalação via E-Sata

E-Sata é um padrão de conexão igual ao S-Ata, porém é feito para dispositivos externos. Caso seu computador ou notebook tenha este padrão é recomendável que o use, já que sua taxa de transferência é praticamente a mesma de um HD plugado diretamente na sua placa mãe.

Nos testes com E-sata obtivemos um ganho de performance bastante representativo. O Drobo teve um desempenho de apenas 5% abaixo da gravação direta no PC. Mesmo sendo velocidade mais alta, entendemos que a conexão USB é perfeitamente possível de ser usada por qualquer estúdio de fotografia, design e publicidade.

Não fizemos testes com Drobos com conexão LAN, porém classificamos também como uma excelente opção já que seria possível ter todos os arquivos disponíveis via rede para os computadores do seu estúdio.

 

Simulando uma falha de HD

1 - Seguindo as informações do fabricante, resolvi testar a redundância a falhas. Coloquei o Lightroom para importar novamente as fotos diretamente para ao Drobo e durante a operação de importação resolvi tirar um dos HDs de 1.5GB para ver o que acontecia. Impressionante: nenhum dado se perdeu, o LightRoom simplesmente continuou sua operação de importação das fotos. O Drobo DashBoard me informou neste momento que um dos HDs foi desconectado ou apresentou falha e a luz do painel do Drobo passou a piscar pedindo troca ou inserção deste HD.

2 - Resolvi testar de novo, queria ver se algum dado era perdido em uma eventualidade de queima de HD. Desta vez coloquei o LightRoom para exportar fotos diretamente no Drobo e tirei de novo outro HD. Simplesmente incrível, o Drobo continuou o procedimento até o final. No quesito segurança de dados o equipamento realmente cumpre o que promete.

A facilidade prática do manuseio deste equipamento é incrível. Depois de instalado o software de gerenciamento, o processo á praticamente automatizado e facilitado sem perder tempo com configurações.

 

Avaliação Final:

O dispositivo é muito prático e robusto. Perfeito para armazenagem de dados de trabalho. Fotógrafos terão a opção de somente comprar um HD novo quando precisar sem perder os HDs antigos ou empilhar um monte de HDs dentro do seu computador. Para isso basta inserir um HD novo em uma das baias para aumentar o espaço. Não é preciso se preocupar com marca ou velocidade dos HDs, o Drobo faz tudo pra você. E também não é necessário nem desligar o aparelho. Além disto a redundância dos dados tira um peso de responsabilidade dos fotógrafos, de se preocuparam com backups, raids, etc.

Na questão de estética e estilo, que é muito importante para nós fotógrafos, além de harmonizar com o ambiente o equipamento é silencioso. e pode ficar em cima de uma mesa tranquilamente. Não apresentou aquecimento também.

Aparelho perfeito para estúdios, eu recomendo.

 

Celso Rogerio
Fotógrafo Profissional
Editor DigiForum

 

Saiba mais em www.drobo4u.com.br

 

POSITIVO
NEGATIVO

Qualidade e beleza no acabamento. O dispositivo harmoniza com um ambiente de estúdio.

Prático: Facilidade para trocar discos em caso de falta de espaço ou defeito.

Espansível e escalonável. Você pode aumentar a capacidade sempre que quiser e isso pode ser feito sem desligar o aparelho ou mexer nos dados.

Redundância dos dados garantida, mesmo se um dos HDs apresentar defeito seus dados estão seguros mesmo durante uma operação. O equipamento lhe avisa para troca do HD. Sistema Raid Inteligente que garanta segurança dos dados.

Conexões variadas: Firewire, USB, E-Sata, Lan*.

 

 

* depende do modelo adquirido.

Velocidade: Transferência de dados de 5 a 15% mais lenta do que diretamente no computador porém isso é esperado para este tipo de dispositivo e não interefere no trabalho.

 

 

 

 

 

lucas_poa
Usuário Participativo
Usuário Participativo

Avaliações Positivas4

Avaliações Neutras1

Avaliações Negativas0




Registrado em: Domingo, 30 de Agosto de 2009
Mensagens: 201

 


MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 12:33 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Muito boa avaliação, me parece um ótimo produto, mas tenho uma dúvida que não sei se é mostrada ou perdi no texo, e talvez nem tenha sido cogitado.
Tenho 5 baias - digamos que coloque 5 hds de 1 TB, visto que como demontrado ele trabalha com redundancia, como vou saber em qual hd está os dados?
Refiro no sentido de que chega um ponto que o hd enche e tenho que colocar um vaziu e deixar um arquivado, como sei os arquivos que estão no hd que vou arquivar, ou como determinar que os arquivos fiquem em um determinado hd para que eu possa remove-lo com os arquivos.
Não sei se fui claro.
Mas mais uma vez parabéns pela avaliação.
Abraço.

Celso Rogerio

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2004
Mensagens: 18056
Localização: São Paulo - SP - Brasil

 

Eu moro aki!
Eu moro aki!

MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 1:26 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

lucas_poa escreveu:
Muito boa avaliação, me parece um ótimo produto, mas tenho uma dúvida que não sei se é mostrada ou perdi no texo, e talvez nem tenha sido cogitado.
Tenho 5 baias - digamos que coloque 5 hds de 1 TB, visto que como demontrado ele trabalha com redundancia, como vou saber em qual hd está os dados?
Refiro no sentido de que chega um ponto que o hd enche e tenho que colocar um vaziu e deixar um arquivado, como sei os arquivos que estão no hd que vou arquivar, ou como determinar que os arquivos fiquem em um determinado hd para que eu possa remove-lo com os arquivos.
Não sei se fui claro.
Mas mais uma vez parabéns pela avaliação.
Abraço.


Olá Lucas.
Foi claro sim.

Talvez o pessoal da Drobo4U possa dar uma resposta mais completa que a minha nessa sua questão, pois envolve amplo conhecimento do produto, mas pela nossa experiência no teste e lendo a documentação percebemos o seguinte:

Se você colocar 2, 3, 4 ou 5 HDs, o equipamento vai torná-los um único volume, ou seja: seu computador vai enxergar um único e enorme HD. É diferente de você plugar 2 HDs externos por exemplo e bem diferente de ter vários HDs no micro. Funciona igual um servidor com volumes estendidos e raid, só que um raid mais inteligente.

A preocupação em saber em qual HD estão os dados não existe pois o equipamento faz o armazenamento e redundância sozinho sem interferência humana. Nesse caso não é você quem movimenta os dados mas o equipamento. A experiência do usuário é muito facilitada neste sentido pois a única forma de atenção necessária é observar se o Dashboard dá alguma mensagem ou se alguma luz pisca no painel.

Se o volume estiver próximo de esgotar, ele lhe avisa pra tirar um dos HDs e colocar um maior ou, se tiver baias vazias ainda apenas acrescentar outro HD. Nesse caso, você precisaria ter no mínimo 3 HDs para fazer essa operação ou 2 HDs com espaço em disco suficientes pra redundância.

OBS: Não entramos em pormenores de compactação ou como os dados são trabalhados dentro do equipamento pois o foco pra quem é fotógrafo é saber que funciona, mas seria bem interessante saber destes detalhes sim porque quem é ligado em tecnologia vai adorar.

Grande abraço yeah

Rodrigobretas
Usuário em Aprovação, menos de 20 posts
Usuário em Aprovação, menos de 20 posts










Registrado em: Quarta-Feira, 21 de Março de 2007
Mensagens: 6
Localização: Rio

 


MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 3:12 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Possuo um Dobro-FS com 5 baias e 4 HDs de 1 Tera, ligado no switch conseguintemente sempre online na rede. Uso ligado 24/7

Meu objetivo é que o Dobro fizesse todo dia a noite um backup sincronizando meus arquivos locais (meu computador ou qualquer um conectado a rede) no storage (Hds do Drobo).

Logo de cara achei que o software que vem com o Drobo gerenciaria meus arquivos, faria copias automaticamente, espelhamento, etc. Para minha surpresa e decepção em um aparelho que custou 3 mil reais, não faria isso. O que existe é apenas um aplicativo para verificação de espaço, configuração e condições dos hds e nada mais, sem falar que para conecta-lo em uma rede com ip fixo foi um martilho, só para quem sabe mesmo! Ele foi feito para conexão direta, conecta-lo diretamente em um lugar com vários computadores não dá e não existe isso.

Tive que comprar um aplicativo para sincronia dos dados no meu caso, sincronia bi-direcional, isso significa que se eu deletar no hd local (meu computador) será automaticamente deletado do Drobo, eu posso fazer de forma incremental ele vai adicionado os aquivos no Drobo mas só é deletado do meu computador. Existe muitas maneiras de fazer isso, informações no Google

A forma que os dados são armazenados são no formato RAID 4 , a empresa invento esse nome BeyondRAID para algo que já existe, (até parece uma empresa q conhecemos da maçã) vc tb pode configura-lo em RAID 5 a partir dai ele assegura que 2 Hds podem queimar ao mesmo tempo sem perda de dados, porem vc tem um espaço bastante diminuído no total utilizável.

O uso do sistema RAID 4 significa que caso um hd de defeito vc pode retira-lo e colocar um novo e os dados serão transferidos para ele automaticamente.

Os dados não são armazenados em um hd mas em todos ao mesmo tempo um pouco em cada um, transformando os HDs em um só no meu caso como são 4 Hds de 1 tera eu supostamente teria 4 teras mas o sistema usa uma parte para essa paridade (segurança) onde apenas 3.4 teras são utilizáveis. Se usar mais segurança RAID 5 vc terá menos espaço ainda. Mais informações Google sobre RAID.

Em fim estou feliz com ele apesar de tudo, não existe nada parecido no mercado com esse preço e sistema de arquivos.

Voce tb pode comprar um monte de hds conectar tudo em um hub de usb e pronto, mas não teria o sistema RAID é ai a diferença. Além de ser bem sucetível a falhas. O RAID sempre foi utilizado em servidores nunca para residencia, hoje em dia esta acessível mas ainda caro.

Sobre a velocidade é lenta mesmo, o objetivo do aparelho não é ser um hd de acesso, mas de armazenamento e segurança e nada mais. E vc que se vire para gerenciar os dados porque não vem com aplicativo para isso apesar do preço alto.

Celso Rogerio

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2004
Mensagens: 18056
Localização: São Paulo - SP - Brasil

 

Eu moro aki!
Eu moro aki!

MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 9:45 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Rodrigobretas escreveu:
o objetivo do aparelho não é ser um hd de acesso, mas de armazenamento e segurança e nada mais


Olá Rodrigo.
Bem interessante sua opinião, uma boa compartilhá-la. Você está usando o aparelho como um backup mas creio que não é esta a proposta do Drobo. Um dispositivo storage pode ser usado pra backup mas nem sempre é este o objetivo do equipamento. Ele é apenas um HD com raid. Pra usar como backup seria mais barato e rápido um storage comum como um Western Digital ou até outro micro em rede gerenciando os discos.

Na verdade o produto não traz nenhuma informação sobre ferramentas de backup, o seu modelo trouxe? Aqui nós descobrimos que se quiséssemos usar ele como dispositivo de backup teríamos que usar softwares de terceiros, coisa que já faço com outro storage que possuo.

Nos nossos testes do Drobo nós usamos ele como um HD de acesso tão somente, ao contrário do uso que você está fazendo. E ele saiu-se muito bem nesse caso.

Recomendo que passe a usar ele como seu principal HD de acesso e a redundância nesse caso é feito interna e automaticamente pelo equipamento, senão você não está aproveitando o potencial de uso que o equipamento oferece. É preciso dizer que raid não é backup, se quiser bakcups tem que usar ferramentas próprias para isso e mesmo assim o seu Drobo vai ser continuar sendo usado como unidade de acesso e não de backup (mesmo que só grave backups).

Na minha opinião, um equipamento deste torna obsoleto o uso dos HDs no computador para armazenamendo dos dados, ficando apenas para o sistema operacional. Este é o uso que fizemos dele aqui.

Forte abraço yeah

fgarbin
Usuário em Aprovação, menos de 20 posts
Usuário em Aprovação, menos de 20 posts










Registrado em: Sexta-Feira, 24 de Setembro de 2010
Mensagens: 1
Localização: Santo André / SP

 


MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 10:11 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Olá..

Ótima avaliação...

Para quem procura outra opção, mais acessível, para armazenamento de dados existe os modelos do Xtreamer.Net.

Eu utilizo o modelo Xtreamer eTRAYz (2Bay RAID NAS - Personal Web Server & Storage) (http://www.xtreamer.net/etrayz/features.aspx), mas este já foi descontinuado.

O modelo atual é o Xtreamer pro (http://www.xtreamer.net/xtreamerpro/overview.aspx)

Basicamente tem as mesmas caracterísicas, mas suporta menos HDs que o Drobo.

Abraço

paulofessel
Usuário Participativo
Usuário Participativo










Registrado em: Quinta-Feira, 20 de Abril de 2006
Mensagens: 292
Localização: São Paulo

 


MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 10:31 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Eeeu não sei. Think

A princípio, a proposta do Drobo parece interessante e algumas características dele realmente o são. Porém, parece que a implementação ainda deixa bastante a desejar, já que uma rápida pesquisa na internet mostra algumas histórias de horror relacionadas ao produto.

Já este outro link faz uma avaliação do produto que mostra que, além de as conexões serem bastante temperamentais (no caso do autor, ele só conseguiu fazer o Drobo conversar em USB 2.0 conectando-o numa porta USB 3.0) a velocidade de acesso é muito baixa, mesmo para os casos em que o Drobo foi conectado via e-SATA, o que inviabiliza seu uso como direct-attached storage. Como disse o Rodrigo, nessas condições, o Drobo configura-se muito mais como um dispositivo de backup - um dispositivo que considero caro, diga-se de passagem.

Para eu, que além de fotógrafo sou técnico em TI, continuo com meus discos internos configurados em RAID 1 mesmo. No último final de semana, troquei dois discos de 500 GB por dois de 2 TB, e para esses discos a taxa de transferência se aproximou da taxa nominal especificada pelo fabricante do disco, que é de 130 Mbytes/s.

Finalmente, o Drobo só resolve uma parte do problema. Resta o backup, para o qual soluções de alta densidade (como LTO4 por exemplo, com 800 GB por cartucho de fita) ainda são inviáveis ao usuário doméstico e ao fotógrafo comum, tanto pelo custo quanto pela complexidade de instalação e manutenção. Com o aumento progressivo da capacidade dos HD's, esse é um setor em que poderia haver uma oferta maior de produtos. Afinal, acho que ninguém aqui tem paciência para trocar 40 Blu-Rays de camada dupla para fazer o backup de 2 TB de dados. Brick wall

Entendo que os fotógrafos gostariam de ter soluções simples para o gerenciamento do seu acervo, mas entendo que ainda não surgiu nenhuma solução que seja simples, barata e confiável o suficiente para eles. Hoje em dia, desses três atributos, você só consegue ter dois deles à sua disposição e o Drobo vai justamente por esse caminho, independentemente do que o marketing deles trombeteie por aí - e saliento que, pelos relatos que vi, eles não escolheram o "confiável" como um de seus pontos de venda.

_________________

Paulo Fessel´s


A700,KM5D,M7/T1116/CZ1680/Beercan/SAL35F18/M85f1.4/M300f4


Celso Rogerio

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2004
Mensagens: 18056
Localização: São Paulo - SP - Brasil

 

Eu moro aki!
Eu moro aki!

MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 11:33 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

paulofessel, concordo contigo em alguns pontos. Não tive tempo de ler agora os links indicados mas farei isso depois.

Lembrando que estamos falando de uso para fotógrafos, que gravam fotos, videos e etc. O uso do equipamento é substitutivo ao HD convencional pela praticidade e disponibilidade dos dados em rede.

Eu por exemplo não uso backup para fotos. Eu não trabalho com versões de fotos, não preciso do backup. Pra mim uma solução raid é a redundância mais que suficiente. Os backups de SO e documentos eu faço via software também no storage. Isso na verdade pode ser feito em quaqluer dispositivo até nos baratos pois aqui no estúdio, ainda exemplificando pelo meu uso, são dados que ocupam pouco espaço.

O espaço dos fotógrafos é tomado por fotos.

Solução barata, pra quem quer redundância, esqueçamos, isso não existe. Barato é comprar case USB e ir espetando no micro e gerenciando dos dados por conta própria, solução bastante caseira para um fotógrafo com poucos trabalhos. Pra quem trabalha com 1.000 fotos por dia uma solução destas é um tiro no pé.

Abs yeah

Celso Rogerio

Avaliações Positivas9

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2004
Mensagens: 18056
Localização: São Paulo - SP - Brasil

 

Eu moro aki!
Eu moro aki!

MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 11:35 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

PS: estarei acompanhando este artigo somente até hoje a noite por conta de trabalhos em campo nos próximos dias. Por isso se não houver alguma resposta me desculpem mas podem me enviar pelo meu botão de e-mail que eu recebo no celular.

Abs a todos yeah

paulofessel
Usuário Participativo
Usuário Participativo










Registrado em: Quinta-Feira, 20 de Abril de 2006
Mensagens: 292
Localização: São Paulo

 


MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 11:53 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Celso Rogerio escreveu:

Eu por exemplo não uso backup para fotos. Eu não trabalho com versões de fotos, não preciso do backup. Pra mim uma solução raid é a redundância mais que suficiente.
(...)
O espaço dos fotógrafos é tomado por fotos.


Do ponto de vista de um quase ex-profissional de TI, sua abordagem é no mínimo temerária, Celso. Que tal um projetinho para gerenciamento de assets? Cool

O backup não se presta somente para guardar "versões". Ele serve, antes de tudo, para evitar uma perda catastrófica de dados. Como o Drobo não informa como faz sua redundância, exceto que é por um método proprietário (o tal do BeyondRAID), não sabemos se um Drobo S completamente populado resiste à perda de dois discos (e sim, isso ocorre com uma certa frequência - não falo aqui do Drobo mas sim dos discos). Algumas das histórias de horror que encontrei falam exatamente sobre esse tipo de problema.

Celso Rogerio escreveu:

Solução barata, pra quem quer redundância, esqueçamos, isso não existe. Barato é comprar case USB e ir espetando no micro e gerenciando dos dados por conta própria, solução bastante caseira para um fotógrafo com poucos trabalhos. Pra quem trabalha com 1.000 fotos por dia uma solução destas é um tiro no pé.


Discordo. O micro (placa-mãe M4A89TD da Asus) de onde digito neste momento tem 6 (seis!) portas SATA, além de duas IDEs comuns. Se você pegar 4 delas e pendurar discos de 2 TB nelas a um custo de R$ 380/disco, você pode fazer um RAID5 de 6 TB, ou um RAID1 ou mesmo RAID10 de 4 TB por R$ 1600. Com um gabinete apropriado, inclusive, é perfeitamente possível fazer esses HDs trocáveis "a quente", já que eletricamente o padrão SATA permite isso. Para que, então, gastar R$ 4200 (!) só com o gabinete do Drobo S?

_________________

Paulo Fessel´s


A700,KM5D,M7/T1116/CZ1680/Beercan/SAL35F18/M85f1.4/M300f4


Ricardo Barbieri
Admin
Admin

Avaliações Positivas12

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Segunda-Feira, 25 de Julho de 2005
Mensagens: 6888
Localização: Nova Friburgo, RJ
Vendedor 1 Estrela

 

Web Master
Web Master
Staff DigiForum
Staff DigiForum

MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 12:40 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

paulofessel, o link do Google que voce postou retorna basicamente postagens de 2007 a 2009, em mais de dois anos os caras devem ter corrigido os bugs não?

paulofessel
Usuário Participativo
Usuário Participativo










Registrado em: Quinta-Feira, 20 de Abril de 2006
Mensagens: 292
Localização: São Paulo

 


MensagemEnviada: Ter Abr 17, 2012 1:01 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

ric, espero que sim, para o bem de quem o usar - embora haja relatos bem mais recentes de problemas na Amazon.

De qualquer maneira, mesmo que tenham corrigido os problemas, o custo do Drobo (pelo menos aqui no Brasil) é injustificável, já que nos EUA ele custa US$ 570. Não existe custo de importação que faça seu valor aqui no Brasil ser multiplicado por 7 - exceto a esperteza dos representantes locais.

_________________

Paulo Fessel´s


A700,KM5D,M7/T1116/CZ1680/Beercan/SAL35F18/M85f1.4/M300f4


WalbronSp
Usuário Senior
Usuário Senior

Avaliações Positivas45

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Quinta-Feira, 4 de Junho de 2009
Mensagens: 2103
Localização: Goiânia (GO)

 


MensagemEnviada: Qua Abr 18, 2012 11:05 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

paulofessel escreveu:
ric, espero que sim, para o bem de quem o usar - embora haja relatos bem mais recentes de problemas na Amazon.

De qualquer maneira, mesmo que tenham corrigido os problemas, o custo do Drobo (pelo menos aqui no Brasil) é injustificável, já que nos EUA ele custa US$ 570. Não existe custo de importação que faça seu valor aqui no Brasil ser multiplicado por 7 - exceto a esperteza dos representantes locais.


yeah

_________________

Walbron Siqueira´s


Fiat lux


WalbronSp
Usuário Senior
Usuário Senior

Avaliações Positivas45

Avaliações Neutras0

Avaliações Negativas0




Registrado em: Quinta-Feira, 4 de Junho de 2009
Mensagens: 2103
Localização: Goiânia (GO)

 


MensagemEnviada: Qua Abr 18, 2012 11:27 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-231897278-hd-externo-storage-data-robotics-drobo-fs-5-bay-gigabit-raid-_JM

Importando da BH, fica em R$ 1.890,00
http://www.bhphotovideo.com/c/product/686297-REG/Data_Robotics_DRDS2A21_Drobo_FS.html

Custo de importação podeser calculado em www.puntomio.com

A diferença de preço e gritante, o que a principio não procede, até mesmo porque esquissando no sitevda drobo, não achei referencia de loja fisica, o que baixa os custos fixos.

Na minha opinião comprar no Brasil nào tem uma boa relacao custo beneficio

_________________

Walbron Siqueira´s


Fiat lux




Editado pela última vez por WalbronSp em Qua Abr 18, 2012 11:58 pm, num total de 2 vezes
Mostrar os tópicos anteriores:      
Publicidade
Parceiros DigiForum
Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder


 Ir para:   



ao menos uma das palavras
todas as palavras
frase exata



Receber rss deste tópico
Exibir próxima mensagem
Exibir mensagem anterior
Enviar Mensagens Novas: Proibido.
Responder Tópicos Proibido
Editar Mensagens: Proibido.
Excluir Mensagens: Proibido.
Votar em Enquetes: Proibido.


Powered by phpBB :: phpBB Group :: FI Theme (modified) :: Todos os horários são GMT - 3 Hours :: Spam Poison :: Spam Catcher